África Subsaariana | Segurança

Pelo menos 11 mortos em ataque de rebeldes ugandeses no leste da RDC

Pelo menos 11 civis morreram durante a madrugada numa área do extremo oeste da República Democrática do Congo (RDC), num ataque de supostos rebeldes ugandenses, de acordo com fontes de segurança locais

O ataque foi realizado pela milícia das Forças Democráticas Aliadas (ADF) na aldeia de Mbau. Os rebeldes queimaram veículos na estrada e mataram os aldeões antes do exército intervir.

“O ADF atacou a cidade de Mbau… 11 civis foram mortos a tiros e outros dois ficaram feridos”, disse Jonas Kibwana, administrador da região de Beni na província de Kivu Norte, em declarações à AFP.

Depois do ataque, os rebeldes fugiram para a floresta de Beni, na fronteira entre a RDC e o Uganda, disseram testemunhas locais.

Apesar das operações lançadas pelas forças da ONU e pelas forças armadas da RDC (FARDC), os rebeldes têm estado activos no território de Beni, no leste do país. O ADF foi criado por radicais muçulmanos para se opor ao governo ugandense

No início deste ano, dezenas de soldados de manutenção da paz do contingente da Tanzânia da Missão de Estabilização da ONU na RDC (MONUSCO), foram mortos num ataque dos rebeldes da ADF.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo