África Subsaariana

Pelo menos oito mortos em acidente de barco de migrantes em Lanzarote

O número de vítimas do acidente que ocorreu na terça-feira, envolvendo um barco de migrantes na costa da ilha espanhola de Lanzarote aumentou para oito mortos após a descoberta na manhã de quarta-feira de quatro outros corpos, informaram os serviços de emergência.

O barco improvisado, ocupado por cerca de 30 pessoas, virou na terça-feira por volta das 19h30 ao se aproximar da costa da ilha no arquipélago das Canárias. Quatro vítimas foram encontradas na noite de terça-feira.

O diretor de emergência e segurança de Lanzarote, Enrique Espinosa, disse durante a noite que havia atualmente 28 sobreviventes.

Desde o início do ano, mais de 18.000 migrantes africanos chegaram às Canárias, um arquipélago localizado no Oceano Atlântico, na costa noroeste do continente africano.

De acordo com o governo regional das Ilhas Canárias, pelo menos 500 pessoas morreram durante essas tentativas de travessia extremamente perigosas.

Esta situação recorda a crise migratória de 2006, quando 30.000 migrantes desembarcaram nas ilhas do arquipélago.

Pressionado por este influxo de migrantes, o governo espanhol montou acampamentos temporários para acomodar até 7.000 pessoas e lançou uma ofensiva diplomática em vários países africanos na tentativa de conter a saída de migrantes.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo