África Subsaariana

RDC: Bispos não apoiam candidatura de Joseph Kabila

Donatien Nshole, secretário-geral da Conferência Episcopal do Congo (CENCO), declarou hoje que a CENCO não apoia uma eventual candidatura de Joseph Kabila às próximas eleições presidenciais, ainda por marcar.  

Nsole afirmou que: «Os bispos não podem apoiar esse tipo de iniciativa, afasta-nos do acordo, e são práticas que correm o risco de incitar a manifestações e criar distúrbios”.  

Segundo informações locais, há propaganda a ser distribuída em diversas cidades da República Democrática do Congo (RDC), com a figura de Joseph Kabila como candidato às próximas eleições presidenciais.  

Joseph Kabila, actual presidente da RDC, encontra-se no poder até que seja eleito um sucessor. O seu mandato como presidente terminou a 19 de dezembro de 2016, mas um acórdão do Tribunal Constitucional decidiu que Kabila poderia permanecer no poder até às próximas eleições presidenciais.  

Estava previsto que as eleições ocorressem em 2017, tendo sido adiadas para 2018, estando agora previstas eventualmente para 2019. 

Refira-se que Joseph Kabila está no poder desde 2001, após o assassinato do seu pai, Laurent Kabila, levado a cabo por um dos guardas presidenciais.  

Em setembro de 2017, no encontro anual dos líderes mundiais, na ONU, Joseph Kabila reafirmou que iria realizar eleições presidenciais, mas não mencionou a data.  

À data, o Conselho de Segurança da ONU declarou que o acordo de 31 de dezembro de 2016, entre o executivo liderado por Kabila e a oposição, com mediação da Igreja Católica, foi “muito adiado”. Este acordo previa que as eleições presidenciais se realizassem até ao final de 2017.  

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo