África Subsaariana

RDC: Moïse Katumbi, opositor no exílio a Joseph Kabila, impedido de “entrar” no país

O avião que transporta Moïse Katumbi, líder da oposição a Kabila, que se encontra no exílio desde 2016, está a ser impedido de aterrar no aeroporto internacional de Lubumbashi.  

O aeroporto conta com uma forte uma presença policial desde a madrugada de hoje, com o objectivo de impedir que o avião de Katumbi, que vem da África do Sul, aterre na RDC.  

Em simultâneo, a delegação da direcção do “Ensemble”, plataforma de oposição a Kabila, liderada por Moïse Katumbi, está ser impedida de se dirigir para o aeroporto de Lubumbashi.  

Segundo a imprensa local, a polícia disparou sobre a multidão, lançando também gás lacrimogéneo. 

Refira-se que Moïse Katumbi reuniu-se, em março passado, na África do Sul, com representantes da oposição congolesa, com o objectivo de delinear uma estratégia para as eleições presidenciais de dezembro.   

À data, Katumbi declarou que: “O que nos traz aqui é a rejeição da ditadura que criou raízes em nosso belo país e o desejo de construir um mundo melhor para nossos compatriotas”, acrescentando que:  “Juntos vamos ajudar a construir a alternativa para o futuro e mostrar aos congoleses que eles não estão sozinhos”.   

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo