Refugiados do Burundi no Uganda recusam regressar a casa

Oficiais burundianos deslocaram-se ao Uganda para persuadir refugiados a regressar a casa por terem sido mal recebidos no país.

Num comício organizado por uma equipa liderada pelo Ministro dos Assuntos internos do Burundi, Pascal Barandagiye, os refugiados em Nakivale exigem justiça, uma força da União Africana para proteger aqueles que se oponham ao governo e a resignação do presidente Pierre Nkurunziza.

“Para se tornar num refugiado tem de haver uma razão. No nosso caso foi um homem que escolheu exercer um novo mandato. Ele já não está lá para que possamos regressar?”, questionou Jevunel Gahungu, antigo membro do Parlamento do partido Frodebu.

O partido Frodebu está entre os cinco partidos da oposição que o presidente Nkurunziza defende que devem ser afastados das conversações de paz lideradas pelo presidente Benjamin Mkapa que estão a decorrer em Arusha, na Tanzânia.

Gahungu referiu que o governo define como alvos indivíduos, uma alegação que é apoiada por várias organizações sociais.

Para se precaverem, Gahungu defende que Bujumbura deve permitir que a União Africana envie tropas para que os que se opõem a Nkurunziza se sintam protegidos. Mas o governo é contra tal sugestão.

Para regressar ao seu país como cidadãos livres, os refugiados exigem justiça e a reparação da sua situação bem como a dos seus parentes.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Moçambique: CNE destaca tranquilidade durante recenseamento eleitoral

Moçambique: CNE destaca tranquilidade durante recenseamento eleitoral

O presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE) de Moçambique, Dom Carlos Matsinhe, afirmou que o recenseamento eleitoral tem decorrido…
Cabo Verde: PR promulga cinco diplomas do Governo

Cabo Verde: PR promulga cinco diplomas do Governo

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, promulgou cinco diplomas do Governo na segunda-feira, 15 de abril. …
Timor-Leste: Fretilin congratula-se com visita de Papa Francisco

Timor-Leste: Fretilin congratula-se com visita de Papa Francisco

A Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin) congratulou-se nesta quarta-feira, 17 de abril, com a visita do Papa Francisco ao…
Ucrânia: Conselheiro de Zelensky diz que não há negociações em curso com a Rússia

Ucrânia: Conselheiro de Zelensky diz que não há negociações em curso com a Rússia

O conselheiro presidencial ucraniano, Mykhailo Podolyak, informou nesta quarta-feira, 17 de abril, que não há conversações e negociações em curso…