Representante do Senegal eleito presidente do conselho de direitos humanos da ONU para 2019

O Secretariado do Conselho dos Direitos Humanos da ONU (HRC) anunciou na segunda-feira que Coly Seck foi eleito e seria assistido por dois vice-presidentes –  Vesna Batistić Kos, da Croácia, Harald Aspelund, da Islândia.

A eleição foi conduzida durante uma sessão da organização para eleger a liderança e discutir o programa de trabalho para o próximo ano. Considerou também um projeto de declaração sobre as formas de aumentar a eficiência do Conselho.

O órgão elegeu recentemente um novo conjunto de representantes para cumprir mandatos de três anos. Ao todo, 18 países foram eleitos em todo o mundo.

Os representantes africanos eram de três blocos regionais – África Ocidental, Central e Oriental: Burkina Faso, Camarões, Eritreia, Somália e Togo.

O Conselho dos Direitos Humanos é um órgão intergovernamental do sistema das Nações Unidas, formado por 47 Estados responsáveis pela promoção e proteção de todos os direitos humanos em todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: TACV retoma voos a 27 de dezembro

Cabo Verde: TACV retoma voos a 27 de dezembro

A companhia aérea TACV – Cabo Verde Airlines vai retomar os seus voos nesta segunda–feira, 27 de dezembro. As primeiras…
Angola vai receber mais USD 748 milhões do FMI

Angola vai receber mais USD 748 milhões do FMI

O Conselho Executivo do Fundo Monetário Internacional (FMI) concluiu a sexta revisão ao programa de ajustamento financeiro de Angola, segundo…
Moçambique e FMI analisam programa de ajuda em janeiro

Moçambique e FMI analisam programa de ajuda em janeiro

O Fundo Monetário Internacional (FMI) e o Governo moçambicano vão começar as negociações sobre um Programa de Financiamento Ampliado no…
Timor-Leste recebe USD 4 milhões do Japão para eleições

Timor-Leste recebe USD 4 milhões do Japão para eleições

O Governo japonês disponibilizou quatro milhões de dólares americanos (3.545.244 euros) ao Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE) para a…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin