República Centro-Africana: Novo presidente cumprimenta rival e promete união

O recém-eleito presidente da República Centro-Africana prometeu unir o país, enquanto agradecia ao seu adversário por admitir a derrota na segunda volta.

Faustin-Archange Touadéra, ex- primeiro-ministro, foi declarado vencedor da segunda volta de 14 de fevereiro, com quase 63% dos votos.

O seu rival, Anicet Georges Dologuele, prontamente reconheceu a sua derrota, embora tenha expressado preocupação com irregularidades.

Muitos esperam que a votação fortaleça a paz provisória depois de mais de dois anos de luta sectária que deixou incontáveis ​​milhares mortos e forçou cerca de 500000 pessoas a fugir para os países vizinhos.

Nas suas primeiras declarações desde que os resultados foram anunciados, Touadera disse que iria reunir pessoas de todas as regiões e religiões para fazer a República Centro-Africana “unida, coesa e próspera”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Mais de 40 técnicos, afetos nas diferentes áreas e unidades orgânicas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), iniciaram, esta…
Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou neste domingo (20) a decisão, assinada por ele mesmo…
Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Desde o sábado passado, Moçambique está dividido, em resultado do arrastamento pelas águas das chuvas, de duas pontes ao longo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin