República Democrática do Congo: Ataque de rebeldes faz 13 mortos

Pelo menos 13 pessoas morreram em Beni, na província nordeste de Kivu do Norte, na República Democrática do Congo (RDC), após um ataque dos rebeldes islamitas ugandenses das Forças Democráticas Aliadas (FDA), segundo fontes do governo local.

“O massacre aconteceu no último domingo à noite e foi obra dos rebeldes ugandenses que entraram na aldeia disfarçados para matar civis”, explicou o governador da província, Julien Paluku.

O porta-voz das Forças Armadas (FARDC), general Léon Richard Kasonga, explicou que o massacre aconteceu em Ntombi, povoação situada a 40 km de Beni, uma região na qual vários grupos rebeldes operam com certa liberdade apesar da presença do exército congolês e dos capacetes azuis das Nações Unidas.

Mais de 300 pessoas morreram no ano passado no município de Beni, situado na fronteira entre RDC e Uganda, e onde houve um notório aumento dos ataques das FDA.

Na província de Kivu, calcula-se que entre Novembro e Janeiro os ataques entre o FDLR e outros grupos rebeldes causaram o deslocamento de 70 mil a 82 mil pessoas rumo a Lubero, no norte. Estes ataques também foram o motivo do deslocamento de cerca de 33 mil congoleses para Uganda no ano passado.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

Angola: Vice-Presidente recebe líder da OEACP–UE

A Vice-Presidente da República de Angola, Esperança da Costa, recebeu em audiência a líder da Assembleia Parlamentar da Organização dos…
Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

Guiné-Bissau: Nuno Nabiam demite-se e qualifica Sissoco de “senhor absoluto”

O antigo Primeiro-ministro e conselheiro especial do Presidente da República, Nuno Gomes Nabiam demitiu-se das funções alegando a “falta de…
Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

Guiné-Bissau: Venda ilícita de passaportes movimentou em dois anos 1.8 biliões de Fcfa

O Ministério do Interior da Guiné-Bissau informou esta segunda-feira, 19 de Setembro, ter detido 41 indivíduos de nacionalidade camaronesa, assim…
Angola: UE vai financiar novos projetos avaliados em 90 milhões de euros

Angola: UE vai financiar novos projetos avaliados em 90 milhões de euros

A União Europeia (UE) vai financiar, com 90 milhões de euros, quatro novos projetos, em Angola. O montante vai ser…