Senado nigeriano apoia redução do poder presidencial

O Senado da Nigéria apoiou na quarta-feira uma série de emendas constitucionais que podem enfraquecer o poder da presidência e aumentar a capacidade do Governo.

O líder do Senado, Bukola Saraki, o impulsionador das alterações, afirmou que estas poderiam ajudar a melhorar o desenvolvimento nigeriano. Mas uma fonte da presidência revelou à Reuters que as alterações representam um ataque ao poder “pouco saudável”.

Saraki é apontado como um dos possíveis sucessores do Presidente Buhari, que tem passado longos períodos em Inglaterra para tratamentos médicos.

As medidas incluem a imunidade legal para os membros da legislatura, a redução da capacidade do presidente de vetar leis aprovadas pelo parlamento, e a retirada da capacidade do governo de legislar.

As alterações terão ainda de ser aprovadas pela Câmara Baixa, por dois terços dos 36 parlamentos regionais nigerianos, e terá ainda de ser aprovada pelo presidente nigeriano Buhari.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Turismo no Brasil

Turismo no Brasil

Presidente de Portugal garante vôos da TAP para o Brasil em noite brasileira organizada por empresas de turismo  O presidente…
Angola: João Lourenço realiza visita privada aos EUA

Angola: João Lourenço realiza visita privada aos EUA

O chefe de Estado angolano, João Lourenço, viajou para os Estados Unidos da América (EUA) nesta quarta-feira, 16 de março.…
Cabo Verde: Cidadãos cabo-verdianos na Ucrânia apelam ao Governo

Cabo Verde: Cidadãos cabo-verdianos na Ucrânia apelam ao Governo

A diáspora cabo-verdiana residente na Ucrânia pede apoio ao Governo de Cabo Verde para lidar com a guerra vivida no local,…
Afeganistão: Sanções norte-americanas piores do que a guerra

Afeganistão: Sanções norte-americanas piores do que a guerra

O povo afegão continua a sofrer desde que os talibãs assumiram o poder do país, em agosto do ano passado.…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin