África Subsaariana | Europa

Senegal: Cerca de 23.000 senegaleses em quarentena em Itália devido ao coronavírus

Segundo o L’Observateur, que conseguiu contactar compatriotas que vivem em Itália em áreas afetadas pelo coronavírus, como a Lombardia, “os senegaleses estão em pânico geral”. De acordo com o jornal, 23.000 senegaleses que vivem foram afetados pela medida de contenção.

A Itália regista mais de 200 casos, incluindo sete mortes, tornando-a o país mais afetado na Europa desde que o surto de pneumonia viral teve origem, em dezembro na China.

No norte da Itália, cerca de 52.000 pessoas acordaram no domingo em áreas onde nem a entrada nem a saída são permitidas, a menos que seja especificamente acordado. O governo italiano adotou um decreto-lei muito rigoroso que coloca onze cidades em isolamento, incluindo dez no perímetro de Codogno.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo