África Subsaariana

Senegal: Distúrbios na fronteira entre elementos da AMP senegalesa e soldados gambianos

A fronteira entre o Senegal e a Gâmbia quase se tornou palco de confrontos entre soldados gambianos e soldados de proteção ambiental (AMP) do Senegal.

De acordo com o Atlanticactu, os confrontos começaram com a perseguição de soldados ambientais senegaleses contra um grande número de pescadores gambianos que pretendiam pescar em Bolong (aldeia senegalesa).

Posteriormente, os soldados gambianos, fortemente armados, ordenaram aos agentes senegaleses que os seguissem, acreditando que se encontravam em território gambiano.

Émile Diassy, moradora que testemunhou o acontecimento. “Vendo os soldados gambianos fortemente armados nos seus botes a discutir com os agentes senegaleses, temi o pior e pedi aos jovens que estavam na praia e nas proximidades para virem ajudar, porque os agentes do nosso AMP não estavam de uniforme e muito menos armados”.

“Foi quando viram os jovens todos a aproximar-se que os soldados gambianos, temendo ser esmagados, abriram fogo. O aparato das suas armas, que rapidamente relembrou antigas memórias da rebelião, conseguiu dispersar a multidão, o que lhes permitiu abandonar o local”, contou Émile Diassy, dona de uma pousada localizada ao lado do Bolong.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo