África Subsaariana

Senegal: Governador de Dakar anuncia encerramento das mesquitas

O governador de Dakar acabou com a polémica instalada entre a Associação Nacional de Imans e Ulemas do Senegal, a Liga de Imams e Pregadores do Senegal (Lips), entre outros, ordenando o encerramento temporário das mesquitas na região de Dakar, até novo aviso.

Em conformidade com as disposições da Ordem no 7782, de 13 de março de 2020, do Ministro do Interior, que proíbe temporariamente manifestações ou reuniões e devido à taxa de progressão da doença por coronavírus (Covid 19) na região de Dakar, as mesquitas são encerradas a 20 de março de 2020, até novo aviso sobre a extensão do território regional“, lê-se no comunicado do governo.

Recorde-se que a Liga de Imans e Pregadores do Senegal (Lips), liderada pelo Imam Dame Ndiaye, expressou a sua oposição categórica a esta iniciativa. Segundo a Lips, apenas as orações de sexta-feira devem ser suspensas, mas não as diárias. E, na sua reunião extraordinária realizada em 18/03/2020, sobre a atual situação de risco de disseminação do vírus COVID 19 por grandes reuniões, tomou um certo número de decisões relacionadas à suspensão das orações durante esse período.

No final da sua reunião, a liga reteve a suspensão das orações de sexta-feira em todo o território nacional a partir de sexta-feira, 20 de março de 2020, de acordo com as diretrizes do Islão nessas situações. Além disso, apelou a todos os muçulmanos, onde quer que estivessem, que se arrependessem e implorassem a Allah SWT para derramar a Sua misericórdia sobre todos e para acabar com esta pandemia mundial.

De referir que a liga adoptou o ponto de vista oposto da Associação Nacional de Imãs e Ulemas do Senegal, que pedia o encerramento de mesquitas no território nacional, por causa do Covid-19.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo