África Subsaariana

Senegal: Hamidou Diallo denuncia que o sangue doado é vendido pelo Estado a 7.500 francos o saco

O porta-voz da da Associação Nacional de Insuficiência Renal no Senegal, Hamidou Diallo, denunciou que o sangue gratuito doado pela população é vendido pelo estado e pelos hospitais aos doentes.

“Você doa o seu sangue ao Centro de Transfusão de Sangue, esse sangue é-nos vendido a 7.500 francos por saco. Vendem os dois sacos de sangue a 15.000 francos. Em nenhum país do mundo se vende sangue, exceto no Senegal”, critica Hamidou Diallo, citado pela Senego.com.

Em declarações à Igfm, o porta-voz da Associação Nacional Senegalesa de Insuficiência Renal criticou o comportamento das autoridades, particularmente no atendimento e tratamento de pacientes renais.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo