África Subsaariana

Senegal: Identificados 1.004 casos da doença desconhecida que afeta os pescadores

No total, foram identificados no Senegal 1.004 casos, relativos a dermatoses ou à chamada doença misteriosa que atinge os pescadores, segundo dados avançados pelo ministro da Saúde e Ação Social, Abdoulaye Diouf Sarr, durante a conferência comunicado à imprensa, nesta terça-feira. Segundo a tutela, todos os casos estão a ser seguidos havendo apenas um internado no momento, e as lesões estão a progredir favoravelmente.

Até ao momento, “na região de Dakar, um total de 567 pacientes foram efetivamente identificados, atendidos integralmente, com um desenvolvimento positivo para todos. No momento em que falo, está apenas um caso internado. Isso também revela certa eficácia no atendimento”, detalhou o ministro. Em Thiès, dos 431 casos identificados, todos estão assistidos e não há casos de internamento. Finalmente, em Kolda, foi relatado um caso cuja origem foi identificada em Dakar. “Não é uma doença contagiosa”, disse o ministro.

“Até à data, ao nível das investigações”, acrescentou Diouf Sarr, “não existem casos secundários. Todos casos evoluíram favoravelmente com tratamento médico sem complicações ou agravamento das lesões. Os resultados dos exames laboratoriais realizados não revelaram quaisquer causas infeciosas. Mas novas investigações estão em andamento com base em hipóteses sucessivas. Não há riscos em comer peixe”, concluiu o governante.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo