África Subsaariana

Senegal: Macky Sall quer estratégia de vacinação contra o Covid-19 o mais rápido possível

Numa altura em que o Senegal vive uma segunda onda da pandemia Covid-19, o Chefe de Estado anunciou que quer uma estratégia nacional de vacinação o mais rápido possível para ”e com prioridade do pessoal médico e grupos-alvo que requerem a maior atenção.”

“Eu ordenei que uma estratégia nacional de vacinação me fosse proposta o mais rápido possível para colocar em ação e como prioridade para a vacinação do pessoal médico e grupos-alvo que requerem a maior atenção”, disse Macky Sall, na noite de terça-feira, numa mensagem à Nação.

“É claro que o Senegal continua a colaborar no âmbito da iniciativa Covax, com a OMS, isso não é contraditório”, acrescentou.

Estado de emergência e recolher obrigatório

O Presidente da República declarou o estado de emergência, medida que é acompanhada de “toque de recolher parcial, das 21h00 às 17h00, nas regiões de Dakar e Thiès (oeste) ”. Essas medidas entram em vigor esta quarta-feira às 21h”, como parte da luta contra a pandemia Covid-19.

Desde 2 de março, o Senegal registou 19.964 casos de Covid-19, de acordo com o Ministério da Saúde.

A doença já matou 428 pessoas no país, onde 17.690 pacientes recuperaram. De acordo com o último relatório diário publicado na manhã de terça-feira, 1.845 pessoas ainda estão em tratamento. Os serviços do Ministério da Saúde não cessaram, há várias semanas, de alertar as populações contra uma nova onda de Covid-19 considerada mais perigosa que a anterior.

O chefe de estado assegurou que “apesar desta nova vaga, deste surto epidémico a nível internacional, o Senegal dispõe de recursos humanos e materiais, mas também financeiros para atuar de forma eficaz no sentido de conter a propagação da doença”.

Em mensagem à Nação por ocasião do Ano Novo, Macky Sall disse que o governo está a trabalhar na “aquisição de vacinas de acordo com as regras de ética na matéria”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo