África Subsaariana

Senegal: Menina assassinada em Mbour terá sido vítima de ajuste de contas

A polícia senegalesa deteve cinco suspeitos de envolvimento no caso Ndiaya Guèye, a menina de 2 anos encontrada morta na quinta-feira passada num prédio em construção, no distrito de Liberté II Baydeuk, em Mbour, revelou o Libération.

De acordo com as descobertas iniciais da investigação, Ndiaya Guèye foi esfaqueada duas vezes com uma violência incrível antes de ser abatida. “Foi uma execução. Nada mais. Mas não há vestígios de estupro”, revelou uma fonte autorizada citada pelo Seneweb.com.

De fato, o trabalho da polícia tornou possível prender todos os suspeitos que confessaram o envolvimento no caso e concluiu formalmente que Ndiaya Guèye foi a vítima colateral de uma sangrenta liquidação de contas.

O principal envolvido, cujo pai está preso por tráfico de drogas, era inquilino na casa da vítima. Segundo o Libération, foi após uma disputa com a mãe da menina que o individuo planeou o crime  para se vingar, antes de fazer desaparecer o corpo com a ajuda da sua mulher e amigos.

O suspeito explicou as suas motivações, em detalhes, à polícia, que deverá reconstituir os fatos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo