África Subsaariana

Senegal: Morre sobrevivente da queda de helicóptero da missão da ONU na RCA

O capitão El Hadji Moussa Thiam não sobreviveu aos ferimentos sofridos na queda do helicóptero da missão da ONU na República Centro-Africana (RCA).

Três capacetes azuis senegaleses da força da ONU na República Centro-Africana morreram na sexta-feira (27 de setembro) no acidente de um helicóptero no momento de aterragem em Bouar, no oeste do país.

O quarto soldado senegalês, El Hadji Moussa Thiam, ficou em “estado considerado crítico”, segundo a Minusma, a missão da ONU no país. O acidente deste helicóptero russo, Mi-35, foi confirmado pelo exército senegalês em comunicado.

“O Estado-Maior das Forças Armadas está em constante contato com as autoridades das Nações Unidas para a evacuação do ferido e o repatriamento dos restos mortais”, comunicou o Ministério das Forças Armadas. A aeronave “regressava de uma missão operacional” da Minusca, acrescentou.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo