África Subsaariana

Senegal: Moustapha Cissé Lo anuncia a sua demissão depois de divulgação de audio insultuoso

O segundo vice-presidente da Assembleia Nacional, Moustapha Cisse Lo, anunciou no domingo a sua demissão do cargo que ocupa, devendo permanecer como deputado.

O responsável da Aliança pela República (ApR) planeia apresentar a sua carta de demissão esta segunda-feira, 6 de julho, ao Presidente da Assembleia Nacional, Moustapha Niasse.

De acordo com o Emedia.sn, Cissé Lo abandona todos os órgãos de decisão do partido e pretende continuar como deputado, ativista e membro fundador da ApR.

A decisão surge depois da divulgação nas redes sociais de um audio em que Moustapha Cissé Lo profere insultos contra Farba Ngom e Yakham Mbaye. Este último acusou-o de ter desviado fundos num mercado destinado à indústria de amendoim.

Entretanto, em comunicado, o Presidente da República Macky Sall, também Presidente da ApR, encarregou “o Comité Disciplinar do partido de reunir-se o mais breve possível, com o objetivo de decidir sobre as medidas a serem tomadas sobre este camarada que desonra o partido e prejudica a imagem do Senegal na África, mesmo em todo o mundo“.

Na mesma nota, o partido presidencial informa que é com “pavor” e “indignação” que o povo senegalês em todos os seus componentes ouviu as palavras de “gravidade excepcional“, realizada por seu camarada Moustapha Cisse Lô, contra vários membros da Aliança e cidadãos honestos.

A Aliança pela República condena com a maior firmeza a atitude de Moustapha Cisse Lô, cujas palavras são de tom de rara violência e impressas com uma indecência desafiada pela moralidade e propriedade social“, denunciam os apoiantes de Macky Sall.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo