África Subsaariana

Senegal: Primeiro-ministro do Canadá declarado “persona non grata” pelo movimento Ànd Sàmm Jikko yi

O movimento “Ànd Sàmm Jikko yi” declarou o primeiro ministro canadiano, Justin Trudeau, persona non grata.

Trudeau, defensor da causa da homossexualidade, estará em Dakar para uma visita oficial nos próximos dias e conversará com o presidente Macky Sall sobre igualdade de género, segundo um comunicado.

Numa nota enviada à Pressafrik, o movimento Ànd Sàmm Jikko yi “reitera a sua forte oposição às manobras e desenhos vis que visam promover qualquer agenda que seja contra os nossos hábitos e valores”.

“Nós certamente damos as boas-vindas ao Sr. Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá no Senegal, e mostramos-lhe todo o respeito devido à sua posição e ao povo do Canadá. No entanto, dizemos não a qualquer tentativa de pressionar as autoridades políticas do nosso país com o objetivo de legalizar a homossexualidade e promover a agenda LGBTQ no Senegal”, sublinhou o movimento.

Em nome de todos os senegaleses ainda vinculados aos nossos valores religiosos e tradicionais, convidamos as autoridades políticas a defender as nossas crenças e os nossos valores em qualquer empreendimento de domínio público. Não devem, em caso algum, curvar-se sob o peso de promessa de ajuda ao desenvolvimento para endossar uma agenda que NUNCA prosperará no Senegal“, reiterou o Ànd nd Sàmm Jikko yi.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo