África Subsaariana

Seychelles: Clima de tensão aumenta e oposição reclama novas eleições

A oposição liderada por Wavel Ramkalawan exigiu uma inspecção aos resultados eleitorais nas Seychelles, suspeitando de manipulação e irregularidades, depois de nas eleições presidenciais de 3-5 de Dezembro de 2015, o Presidente James Michel ter vencido por apenas 193 votos.

Depois de vários pedidos, o Supremo Tribunal ordenou uma investigação ao processo eleitoral para decidir sobre a eventual repetição das eleições durante este ano.

Entretanto são trocadas acusações de ambos lados. Existem rumores de que a população pobre foi paga para ceder os seus cartões de eleitor até depois das eleições. Também os simpatizantes do partido do governo, Times of Seychelles, denunciaram tentativas de atear fogo a uma sede do partido, imputando alegadamente a autoria à oposição.

O partido do poder acusa a oposição de ser má perdedora, enquanto estes acusam o presidente e os seus apoiantes de fraude.

Especialistas prevêem que os conflitos poderão aumentar com as eleições parlamentares e a possível repetição das presidenciais, se o Supremo Tribunal assim o decidir.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo