Sudão do Sul recupera cidade tomada pelos rebeldes perto da fronteira Etiópia

O governo do Sudão do Sul anunciou esta sexta-feira que recuperou a última cidade antes da base rebelde de Pagak, onde milhares de civis fugiram para fugir dos combates perto da fronteira com a Etiópia. Na operação morreram três soldados sul-sudaneses e cinco ficaram feridos.

Maio-wut esteve sob controlo dos rebelde desdes o início da guerra, no final de 2013, e é uma porta de entrada para o principal reduto rebelde de Pagak. Uma vez nas mãos do governo, enfraquecerá o grupo liderado pelo ex vice-presidente Riek Machar.

Maio-wut está situada ao longo de uma rota de abastecimento para Mathiang, contigua aos campos petrolíferos Paloch, a principal fonte de receitas do governo.

Cerca de 7.000 famílias fugiram para Pagak para escapar aos combates desde que o governo lançou a ofensiva no início deste mês, disse Sarah Nyanath, representante do GESSO, um grupo de ajuda local.

O governo declarou que o seu principal objetivo é assumir o controlo das área nas mãos de Machar, incluindo Pagak, e acabar com o movimento.

Os combates no Sudão do Sul tem forçado milhões de pessoas a fugir de suas casas, dividido populações em linhas étnicas, paralisado a agricultura e reduzido a produção de petróleo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde tem mais de nove mil idosos a sofrer pobreza extrema

Cabo Verde tem mais de nove mil idosos a sofrer pobreza extrema

Os dados do Cadastro Social Único (CSU), divulgados pela Secretária de Estado para a Inclusão Social, Lídia Lima, indicam que…
Angola: BNA reduz taxa de juro base

Angola: BNA reduz taxa de juro base

O Comité de Política Monetária do Banco Nacional de Angola (BNA) reduziu a taxa de juro base em 0,5%. Esta passou…
ONU avisa sobre risco de conflito e mais pobreza no Afeganistão

ONU avisa sobre risco de conflito e mais pobreza no Afeganistão

O representante especial adjunto do secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) para o Afeganistão, Markus Potzel, afirmou que a…
NATO considera anexação de territórios "a mais séria escalada" da guerra

NATO considera anexação de territórios "a mais séria escalada" da guerra

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, afirmou nesta sexta-feira, 30 de setembro, que a anexação dos territórios ucranianos à Rússia representa…