África Subsaariana | Economia

Tullow Oil prevê gerar 7 mil milhões de dólares líquidos focalizando-se nos seus ativos do Gana até 2030

A Tullow espera gerar cerca de 7 mil milhões de dólares em lucros nos próximos dez anos, expandindo muito mais os seus negócios no Gana. A empresa, estrangulada por uma dívida significativa acumulada desde o ano passado, espera reduzi-la e, assim, tranquilizar os investidores.

A companhia sediada no Reino Unido, espera gerar 7 mil milhões de dólares em fluxo de caixa até 2030, com muito mais ênfase nas suas operações em Gana.

“Supondo que o preço do petróleo suba para 45 dólares por barril em 2021 e para 55 dólares a partir de 2022 e com mais de 90% dos gastos de capital futuros concentrados nos ativos de produção do grupo na África, a empresa espera gerar aproximadamente 7 mil milhões de dólares em fluxo de tesouraria de exploração nos próximos 10 anos”, comentou Rahul Dhir, CEO da Tullow Oil.

Entretanto, a empresa afirma ter produzido, por exemplo, 400 milhões de barris de petróleo dos 2,9 mil milhões de barris de reservas nos seus campos de petróleo no  Gana, uma taxa de exploração de 14%. Isso implica que a Tullow ainda tem uma grande margem em relação às suas futuras operações no país.

Recorde-se que em 2019, a empresa viu o valor das suas ações cair mais de 90% devido a deceções na exploração na América do Sul, problemas de produção no Gana e a saída de alguns executivos. Para pagar a sua dívida líquida de cerca de 2,4  mil milhões de dólares, a Tullow começou a vender alguns dos seus ativos, incluindo os do Uganda comprados pela Total no início deste mês por 575 milhões de dólares.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo