Uganda: Re-eleição de Musevini gera críticas internacionais

Os EUA, um dos principais aliados do presidente Musevini, criticaram duramente o ato eleitoral da passada quinta-feira que reelegeu o presidente do Uganda, considerando-o “inconsistente com as boas práticas eleitorais e as expetativas de um processo democrático”.

Exortaram o presidente re-eleito a libertar de imediato o candidato derrotado, Kizza Besigye, que, juntamente com outros dirigentes da oposição, foi detido no dia seguinte às eleições por, alegadamente, pretender divulgar resultados não concordantes com os apurados pela autoridade eleitoral.

Musevini, com 71 anos, vai prolongar o seu consulado de 30 anos por mais um mandato após ter sido pronunciado vencedor com 60,8% dos votos, contra 35,4% atribuídos ao candidato opositor.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Moçambique: INSS forma quadros em matéria de aposentação obrigatória

Mais de 40 técnicos, afetos nas diferentes áreas e unidades orgânicas do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), iniciaram, esta…
Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

Brasil: bloqueio da aplicação Telegram 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes revogou neste domingo (20) a decisão, assinada por ele mesmo…
Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Moçambique: Chuvas intensas "desligam" o país ao longo da estrada EN1

Desde o sábado passado, Moçambique está dividido, em resultado do arrastamento pelas águas das chuvas, de duas pontes ao longo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin