África Subsaariana | Europa

União Europeia fortalece parceria no Senegal com financiamento de 27,5 milhões de euros

Durante a sua visita ao Senegal, o representante da Comissão responsável pela Cooperação e Desenvolvimento Internacional, Neven Mimica, assinou programas de cooperação no valor total de 27,5 milhões de euros.

Os programas aumentarão o acesso à eletricidade e às energias renováveis, assim como o apoio à sociedade civil e a implementação técnica da cooperação para o desenvolvimento com o Senegal.

Segundo a Comissária Mimica, “Esses programas, no valor total de 27,5 milhões de euros, apoiarão o desenvolvimento inclusivo e sustentável no Senegal, no espírito da nossa Aliança África-Europa para Investimentos e Empregos Sustentáveis. A União Europeia permanece ao lado do Senegal para fortalecer o diálogo político entre as autoridades e a sociedade civil e melhorar as condições de vida do povo senegalês.”

Os três programas consistem num programa de apoio ao desenvolvimento de energias renováveis (20 milhões de euros) que melhorará o acesso à eletricidade nas áreas rurais mais carenciadas; um programa de apoio à sociedade civil (4 milhões de euros) que apoiará o diálogo aberto e construtivo entre a sociedade civil, as autoridades senegalesas, o setor privado e os parceiros do Senegal para o desenvolvimento inclusivo e sustentável do país; cooperação técnica (3,5 milhões de euros) que melhorará a implementação dos programas de cooperação da UE com o Senegal para facilitar o investimento e a criação de empregos.

Durante a sua visita, o Comissário Mimica encontrou-se com o Presidente Macky Sall para discutir prioridades compartilhadas, em particular a criação de empregos através do desenvolvimento do setor privado e do investimento em infraestrutura regional, além de combater as mudanças climáticas.

O montante total da assistência da UE prestada ao Senegal é de 579,3 milhões de euros, dos quais 347 milhões de euros do 11º Fundo Europeu de Desenvolvimento e 177,2 milhões de euros do Fundo Fiduciário de Emergência para estabilidade e tratamento das causas profundas da migração irregular e das pessoas deslocadas na África.

O Senegal também beneficia de vários programas regionais do 11º FED, no valor de 55,1 milhões de euros, possibilitando investimentos em infraestrutura regional e melhorando a competitividade na África Ocidental.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo