África Subsaariana | América do Norte | Economia

Zim Expo promove negócios no Zimbábue

A 20ª edição da Zim Expo, um evento anual para desenvolvimento de negócios, capacitação social, investimentos de capital e oportunidades de trabalho online para zimbabueanos que moram em vários países, começa sexta-feira em Chicago, EUA. Os organizadores da mostra internacional estão otimistas de que o evento será um grande sucesso.

O co-fundador do evento, Quite Ncube, mostrou-se esperançoso de que se irão firmar negócios significativos, além de entreter os participantes.

Ncube referiu que o evento é a espinha dorsal da organização sem fins lucrativos realizada anualmente em diferentes estados, durante o feriado Memorial.

O co-fundador, um médico que mora nos EUA há mais de 30 anos, diz que embora as autoridades do Zimbábue não possam comparecer ao evento este ano, os representantes do país sediados em Washington DC emitirão certidões de nascimento e passaportes para cidadãos do Zimbábue.

Segundo o responsável, as autoridades do Zimbábue não administram o evento, mas desempenham um papel fundamental na criação de vínculos entre potenciais investidores.

Além dos serviços consulares, que se mostraram muito populares, outros eventos programados incluem apresentações de músicos sediados no Zimbábue – Cindy Munyavi e a crescente estrela do dancehall Jah Signal, além do concurso Miss Zimbabwe USA. Uma visitante frequente da Zim Expo, Musawenkosi Ndlovu, diz que esta é a sua parte favorita da Zim Expo.

Algumas pessoas, como Handsome Sibanda, visitam o show para participar do torneio de futebol, que já contou com ex-jogadores de futebol como o ex-capitão dos Highlanders e Warriors, Thulani Biya Ncube, e atrai jogadores de diferentes partes dos EUA, Canadá, Inglaterra e outros lugares.

Os organizadores do evento dizem que enquanto estão no seu 20º ano, o evento anual foi afetado pela falta de fundos, e também a convicção de que a Expo está ligada ao partido Zanu-PF, do governo do Zimbábue – o que a organização afirma ser falso. Outros, no entanto, como Chiyambiro dizem que há necessidade de renovar o evento anual para atrair mais participantes.

Anesu Manjengwa, co-fundador da Zim Expo, diz que a administração está a tratar de algumas dessas preocupações com o objetivo de torná-lo um dos eventos mais importantes convocados pelos zimbabweanos.

Um grande número de participantes diz que se beneficiou muito na Zim Expo, com alguns deles fazendo bons negócios. Pelo menos 20 empresas deverão exibir os seus produtos na Zim Expo este ano.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo