África Subsaariana

Zimbabwe: Governo demitiu 211 médicos

O número de médicos que foram demitidos do serviço de saúde aumentou para 211. Os médicos foram considerados culpados de absentismo.

Em comunicado divulgado na tarde de sexta-feira, o Conselho de Serviços de Saúde (HSB) disse que até ao momento 279 médicos receberam cartas de acusação e foram realizadas 213 audiências disciplinares, das quais 211 foram consideradas culpadas.

Segundo o HSB, apenas três médicos compareceram pessoalmente para as audiências das quais dois tinham determinação em relação aos seus casos pendentes até à verificação dos mesmos.

No total, espera-se que 516 dos 1.601 médicos que trabalham no setor de saúde pública apareçam às audiências.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo