África Subsaariana

Zimbabwe: Harare lança apelo a enfermeiros em greve

(c) Silas Camargo Silão, Pixabay

O Conselho da Cidade de Harare lançou um apelo aos enfermeiros para que regressem ao trabalho para evitar a perda de vidas, enquanto o governo procura uma solução para as suas exigências.

Os enfermeiros de Harare estão de greve desde a semana passada, alegando incapacidade, enquanto a economia continua em queda.

“O conselho apela a um empenhamento dos representantes dos enfermeiros em greve para se encontrarem com vista a encontrar soluções. A cidade deseja que todas as suas instituições de saúde retomem as operações e prestem serviços às pessoas”, disse o porta-voz do conselho, Michael Chideme.

“No momento, estamos a trabalhar com uma equipa esquelética que varia entre 40 e 44 por dia, o que representa quase 30% da equipa necessária diária. A maioria das áreas afetadas são maternidades e pacientes de ambulatório para casos crónicos. O pior momento é à noite porque a maioria das parteiras não estão a fazer o serviço noturno”.

Segundo o porta-voz, o conselho teve que reduzir as operações, uma situação em que apenas seis das 12 policlínicas operam 24 horas.

“Mudamos as admissões para a Beatrice Road (Hospital de Doenças Infecciosas) porque não existem enfermeiros noturnos em Wilkins. Ainda estamos a negociar com a liderança dos enfermeiros para uma reunião, para que possamos voltar a servir o povo de Harare”, disse Chideme.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo