África Subsaariana

Zimbabwe: Médicos em greve devido à falta de proteção contra o Covid-19

Tawanda Zvakada

Os médicos dos hospitais públicos do Zimbabwe entraram em greve esta quarta-feira devido à falta de equipamento de proteção contra o Covid-19, quando o coronavírus começa a propagar-se num país cujo sistema de saúde quase entrou em colapso. É o golpe mais recente para um sistema em que as famílias de alguns pacientes são solicitadas a fornecer itens básicos como luvas e até água limpa.

O presidente da Associação de Médicos do Hospital do Zimbabwe, Tawanda Zvakada, disse que as centenas de médicos estão em “alto risco” e voltarão ao trabalho quando o governo fornecer proteção adequada. “Neste momento estamos expostos e ninguém parece importar-se“, disse.

Os médicos voltaram ao trabalho em janeiro após uma greve de quatro meses exigindo melhores salários e condições de trabalho. O Zimbabwe tem três casos de Covid-19 e registou a sua primeira morte nesta semana.

Os casos em toda a África estão agora bem acima de 2.400 e 46 dos 54 países do continente já registaram casos de infeção pelo coronavírus.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo