África Subsaariana

Zimbabwe: Ministro da Justiça do Zimbábue diz que militantes do MDC serão presas por simular rapto

O ministro da Justiça, Ziyambi Ziyambi, disse que as três apoiantes da Aliança do MDC, que foram supostamente raptadas por assaltantes desconhecidos e agredidas em Bindura na semana passada, encenaram o rapto e deveriam ser presas por violar o bloqueio nacional.

Ziyambi declarou ao Daily News que as três mulheres – a deputada de Harare West, Joanna Mamombe, Cecilia Chimbiri e Netsai Marova – fingiram um ataque sexual e devem ser tratadas como infratoras da lei.

Elas estão a tentar escapar ao fato de violarem a lei realizando a manifestação, contrariamente à declaração feita sob as atuais medidas de confinamento, que proíbe todas as reuniões públicas. Elas fingiram o rapto indo para o hospital numa tentativa inútil. O fato é que elas violaram a lei ao realizar a manifestação. Portanto, as suas táticas de diversão não funcionarão. A polícia deve prendê-las“, assegurou o ministro.

Tenho certeza de que a polícia fará o seu trabalho para garantir que as organizadoras da manifestação enfrentem as consequências das suas ações“, acrescentou Ziyambi.

As três ativistas da MDC Alliance desapareceram na semana passada, na quarta-feira, depois de participarem de numa manifestação nos arredores de Harare, em Warren Park.

As três militantes reapareceram na sexta-feira e alegaram terem sido capturadas por homens armados da Polícia Central de Harare e levadas para Bindura, onde foram agredidos sexualmente, física e emocionalmente.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo