Zimbabwe: Pelo menos 40 mineiros clandestinos presos em mina de ouro

Estima-se que pelo menos 40 mineiros clandestinos tenham ficado presos numa mina de ouro desativada no Zimbabwe, informou a Federação Nacional de Mineiros nesta quinta-feira.

O colapso ocorreu na noite de quarta-feira na cidade de Bindura, cerca de 70 km ao norte da capital Harare.

Segundo o comunicado, os mineiros estavam a trabalhar dentro da mina desativada Ran Gold, quando um poço desabou, de acordo com a federação.

Seis mineiros que conseguiram ser resgatados dos escombros e hospitalizados disseram que havia cerca de 40 pessoas no poço da mina no momento do acidente.

As operações de resgate ainda estão em andamento.

Muitos homens desempregados, sobrevivem trabalhando em minas desativadas ou entrando ilegalmente em minas que ainda estão em funcionamento.

Os acidentes são frequentes. Em fevereiro de 2019, pelo menos 24 mineiros ilegais morreram no fundo de poços abandonados e inundados após tempestades no centro do Zimbabwe. Também em maio de 2019, pelo menos outras nove pessoas morreram em explosões numa mina de ouro em Mazowe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin