África Subsaariana

Zimbabwe: Polícia desmente relatos das redes sociais sobre maços de notas ‘ligados’ a Mutodi

A polícia considerou falsos relatórios das redes sociais referindo que as autoridades  intercetaram novas notas de banco vinculadas ao vice-ministro de Serviços de Comunicação, Informação e Transmissão, Energy Mutodi.

Os relatos nas redes sociais afirmam ainda que a polícia tinha dado uma conferência de imprensa anunciando a prisão de alguns jovens e a recuperação de notas novas de um veículo Toyota Wish em Harare.

O porta-voz da polícia nacional, comissário assistente Paul Nyathi, negou ter investigado o vice-ministro Mutodi sobre o referido caso e prendido pessoas com um veículo Toyota Wish.

“A Polícia da República do Zimbabwe deseja desmentir categoricamente as publicações das redes sociais que declaram que as autoridades realizaram uma conferência de imprensa sobre a prisão de ocupantes de um veículo Toyota Wish com dinheiro supostamente ligado a Energy Mutodi ou a alguns jovens de partidos políticos”.

“A polícia não realizou uma conferência de imprensa falsamente retratada nas redes sociais e qualquer outra declaração atribuída à polícia é totalmente falsa”, continua o comunicado.

“Se houvesse tal prisão, ela seria comunicada através dos canais normais e não através de mensagens fantasmas nas redes sociais”, refere a nota.

Nyathi informou que o Banco da Reserva do Zimbabwe (RBZ) e a polícia estão agora a investigar publicações “maliciosas” que se acredita serem parte de uma campanha para manchar o governo do Zimbabwe.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo