África Subsaariana

Zimbabwe: Robert Mugabe será sepultado a 15 de setembro

O ex-presidente do Zimbabwe, Robert Mugabe, será sepultado no domingo, 15 de setembro, após uma cerimónia oficial que será realizada no dia anterior em Harare. O corpo de Robert Mugabe será repatriado na quarta-feira de Singapura.

Desde sexta-feira, o presidente Emmerson Mnangagwa declarou luto oficial e concedeu ao seu antecessor o status de “herói nacional”, o que lhe dá um lugar no “Campo dos Heróis da Nação”, o panteão do Zimbabwe, fato que conta com o desacordo da família do presidente.

Leo Mugabe, sobrinho do presidente deposto, em declarações à imprensa no sábado,na vila natal do ex-chefe de estado, Kutama, localizado a 85 km da capital Harare, manifestou o seu descontentamento perante a eventualidade de o fato de o ex-Chefe de Estado ser sepultado por quem o traiu e afastou do poder.

No entanto, é no “Campo dos Heróis da Nação” – um memorial construído com a ajuda da Coreia do Norte, onde uma estátua de bronze de três combatentes da liberdade vigia os grandes homens da pátria – que a primeira mulher de Robert Mugabe, Sally, está enterrada. Assim como ele, ela era uma das libertadoras do país, considerada por muitos até à sua morte como mãe da nação do Zimbabwe. Um lugar próximo ao seu túmulo está reservado para o marido há muito tempo.

Mas os amigos e aliados de Grace, a segunda esposa de Robert Mugabe, insistem no fato de que o ex-presidente queria ser sepultado na sua região natal, em sua aldeia de Zvimba. O porta-voz da presidência sugeriu que a família dos desaparecidos teria a última palavra no local do funeral.

 

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo