África Subsaariana

Zimbabwe volta a intensificar medidas para o combate à Covid-19

O governo do Zimbabwe está a intensificar a fiscalização das medidas de confinamento do país após o aumento de casos de Covid-19. O anúncio foi feito numa conferência de imprensa pós-gabinete em Harare na terça-feira pelo Ministro do Turismo, Nqobizitha Mangaliso Ndlovu.

Ndlovu confirmou o confinamento do país e as medidas de toque de recolher existentes, acrescentando que a polícia não hesitará em aplicar penalizações para conter a propagação da pandemia.

A nação é informada de que as reuniões ainda estão limitadas a duas pessoas, enquanto os eventos autorizados, como casamentos e congregação na igreja, são limitados a cinquenta e cem pessoas, respetivamente.

O governo observa com preocupação que houve um aumento nos casos positivos de Covid-19 nas últimas três semanas. A aplicação de medidas de confinamento será intensificada a partir de agora.

Deve-se enfatizar que onde houver violação dessas regulamentações, os agentes de fiscalização não hesitarão em aplicar multas“, declarou o Ministro Ndlovu, sublinhando que “foram postas em prática medidas para fortalecer a proteção e prevenção em ambientes de internatos”.

A declaração surge depois de na semana passada mais de cem alunos da John Tallach School em Matabeleland North terem testado positivo para Coviod-19.

O Ministério da Educação Primária e Secundária com apoio técnico do Ministério da Saúde está a organizar a logística para a implementação de medidas para minimizar a recorrência da experiência da John Tallach School em outros internatos”, disse o ministro.

Desde o início da pandemia, o Zimbabwe regista 9 120 casos confirmados de Covid-19, 8 229 recuperações e 265 mortes. A taxa de recuperação nacional é de 90,2%.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo