1 em cada 500 residentes dos EUA morreu de Covid-19

Os Estados Unidos alcançaram outro marco sombrio na sua luta contra a pandemia covid-19: 1 em 500 americanos morreram de coronavírus desde a primeira infecção relatada no país.

Na noite de terça-feira, 663.913 pessoas morreram nos Estados Unidos de Covid-19, segundo os dados da Universidade Johns Hopkins. De acordo com o US Census Bureau, a população dos EUA em abril de 2020 era de 331,4 milhões.

É um número preocupante que surge enquanto os hospitais nos Estados Unidos estão a tentar acompanhar o maior volume de pacientes, incluindo mais crianças, a lutar contra o vírus. Na esperança de controlar a propagação e evitar mais mortes desnecessárias, as autoridades estão a implementar mandatos para vacinação nos locais de trabalho.

A situação nos EUA tornou-se mais crítica, com maiores taxas diárias de casos, hospitalização e mortalidade, que aumentaram após o início do verão, quando a variante Delta, altamente contagiosa, se tornou dominante .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin