Acusado de narcotráfico, EUA impõem sanções ao vice-presidente venezuelano

Os bens do vice-presidente venezuelano, Tareck El Aissami, foram congelados nos EUA, uma medida sancionatória confirmada pelo Departamento do Tesouro norte-americano.

El Aissami, apontado como potencial sucessor de Nicolás Maduro, é acusado pelos EUA de ter desempenhado um papel ativo com redes de narcotráfico internacional. Também, um “sócio” do vice-presidente, Samark Jose Lopez Bello, é citado na mesma investigação como “testa de ferro” ou presumível responsável no apoio financeiro e logístico às atividades de Tareck El Aissami.

Os procuradores norte-americanos suspeitam que Tareck El Aissami terá ajudado no transporte de drogas provenientes da Venezuela. Segundo elementos da investigação o atual vice-presidente, quando ocupava funções como ministro do Interior, terá prestado apoio a narcotraficantes colombianos no envio de cocaína para a Europa, México e EUA através dos portos venezuelanos.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Timor-Leste: Presidente da República volta a criticar setor judicial

Timor-Leste: Presidente da República volta a criticar setor judicial

O Presidente da República de Timor-Leste, José Ramos-Horta, criticou o uso excessivo da prisão preventiva, assim como o “cópia e cola”…
Brasil: Média móvel de mortes por covid-19 no país já alcança 80 por dia

Brasil: Média móvel de mortes por covid-19 no país já alcança 80 por dia

O Brasil registou mais 15 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, chegando às 689.560 desde o início da pandemia.…
Guiné Equatorial: Oposição continua a reclamar votos "roubados" nas eleições

Guiné Equatorial: Oposição continua a reclamar votos "roubados" nas eleições

O Presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang Nguema Mbasogo, foi reeleito no sufrágio de 20 de novembro com 94,9% dos…
Rússia: Mães lançam petição para protegerem filhos da guerra

Rússia: Mães lançam petição para protegerem filhos da guerra

Um grupo de mães de soldados russos decidiu unir-se a um grupo ativista para lançar uma petição online onde é…