América do Norte | Diplomacia | Sahel

Chade foi retirado da lista que impede os seus cidadãos de entrarem nos EUA

Os Estados Unidos anunciaram na terça-feira que os cidadãos do Chade poderão receber vistos novamente porque a nação africana foi retirada da lista de proibição de viagens do governo Trump.

A secretária de imprensa da Casa Branca, Sarah Huckabee Sanders, informou que o presidente Donald Trump assinou uma declaração onde refere que o Chade “melhorou as suas práticas de gestão de identidade e compartilhamento de informações”, o suficiente para ser retirado da lista.

O governo Trump acrescentou o Chade à sua lista de proibição de viagens em setembro passado devido a uma falha no fornecimento de amostras recentes dos passaportes, às autoridades de segurança interna norte-americanas.

Autoridades norte-americanas também disseram que o Chade não conseguiu compartilhar adequadamente informações relacionadas à segurança pública e ao terrorismo com as autoridades dos EUA que selecionam estrangeiros que querem entrar no país.

O Chade tem sido um dos principais parceiros de contra-terrorismo dos EUA na luta contra as ameaças à região do Sahel onde se encontra instalado o grupo radical islâmico sunita o Boko Haram.

As restrições de viagem colocadas ao Chade acabarão oficialmente na sexta-feira.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo