Departamento de Estado dos EUA investiga retirada de tropas do Afeganistão

O Departamento de Estado dos Estados Unidos da América (EUA) informou que vai realizar uma investigação sobre a retirada das tropas norte-americanas do Afeganistão

De acordo com documentos divulgados, o foco das investigações recairá na forma como foi feita a retirada de funcionários da embaixada americana em Cabul, bem como no Programa de Visto Especial para Imigrantes e na admissão de afegãos como refugiados e nos seus reassentamentos nos EUA. 

Esta investigação será levada a cabo pela inspetora-geral do Departamento de Estado, Diana Shaw, que confirmou o procedimento em carta enviada aos líderes das comissões de Relações Exteriores do Senado e da Câmara. Segundo o porta-voz da inspetora-geral, Ryan Holden, deve ser usado o termo “revisões” em vez de “investigações”

O Senado e a Câmara dos EUA já iniciaram análises sobre a retirada das tropas do Afeganistão. Recorde-se que esta operação foi alvo de fortes críticas de republicanos e democratas, uma vez que logo depois da decisão anunciada pelo Presidente norte-americano, Joe Biden, os talibãs tomaram o poder no referido país asiático, a 15 de agosto. 

Outro foco do Departamento de Defesa durante as “revisões” sobre o ocorrido vai ser o ataque das Forças Armadas americanas com um drone que mirava alvos ligados ao Estado Islâmico, mas que deixou dez civis mortos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin