América do Norte | Segurança

Donald Trump declarou que os países da NATO devem reembolsar os EUA pelos custos com a defesa

O presidente dos EUA, Donald Trump, acusou na terça-feira os aliados da NATO de não cumprirem com os seus compromissos com gastos de defesa e apontou que deveriam “reembolsar” os Estados Unidos.

“Muitos países da NATO, que devemos defender, não estão apenas aquém do seu compromisso atual de 2% (que é baixo), mas também estão devedores há muitos anos por pagamentos que não foram feitos”, declarou Trump numa publicação feita no Twitter enquanto viajava para uma cimeira da NATO em Bruxelas. “Eles vão reembolsar os EUA?”, questionou.

Nos últimos meses, Trump mencionou repetidamente os parceiros dos Estados Unidos na aliança atlântica, uma pedra fundamental da segurança europeia desde a Segunda Guerra Mundial, acusando-os de sobrecarregarem os EUA com a defesa.

Os 29 aliados devem reafirmar o compromisso de tentar gastar 2% do PIB em defesa até 2024, de acordo com a declaração final da cimeira, citada pela AFP.

O chefe da NATO, Jens Stoltenberg, disse na terça-feira que sete dos 27 membros europeus estavam no caminho para gastar 2% do PIB em defesa em 2018: Grã-Bretanha, Grécia, Letónia, Estónia, Polónia, Lituânia e Roménia.

Os EUA são, de longe, o país que mais gasta com a NATO em termos de PIB, bem como em gastos brutos, gastando cerca de 3,57% do PIB em defesa em 2017, segundo números da NATO.

De acordo com os dados da aliança, os EUA responderam por 72% dos gastos com defesa na NATO em 2017 – 686 mil milhões de dólares de um total de 957 mil milhões gastos pelos 29 membros naquele ano.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo