África Subsaariana | América do Norte | Magrebe | Sahel

EUA exigem uma caução a turistas de 15 países africanos

O governo dos EUA anunciou na segunda-feira novos regulamentos que exigirão que turistas de cerca de 20 países, incluindo 15 africanos, paguem antecipadamente uma caução em dinheiro como condição para obter um visto, de acordo com uma notificação publicada no Jornal Oficial do Governo dos Estados Unidos.

A nova regra entrará em vigor a partir de 24 de dezembro e permanecerá em vigor até 24 de junho de 2021. Cidadãos de 15 países africanos deverão fazer um depósito que varia entre 5.000 e 15.000 dólares (o equivalente a 2,5 a 7 milhões de FCFA). A medida será aplicável apenas aos vistos dos tipos B1 (turismo) e B2 (viagens de negócios).

Caberá a cada agente consular determinar o valor que será exigido como depósito de garantia do requerente do visto.

Os 15 países africanos visados ​​são: Angola, Burkina Faso, Burundi, Cabo Verde, República Democrática do Congo, Djibouti, Eritreia, Gâmbia, Guiné-Bissau, Libéria, Líbia, Mauritânia, São Tomé e Príncipe, Sudão e Chade.

Além da África, a medida também abrange o Afeganistão, Butão, Irão, Síria, Laos e Iémen.

De acordo com o governo dos EUA, a medida justifica-se devido à tendência de os cidadãos oriundos destes países a permanecer nos EUA mesmo depois de os seus vistos temporários expirarem. Portanto, de acordo com o governo de Donald Trump, trata-se de dissuadir aqueles que não deixam os EUA dentro do prazo.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo