EUA: Furacão Ida pode causar migração em massa

O sudeste da Louisiana, nos EUA, está a preparar-se para um êxodo em massa após o furacão Ida, que matou pelo menos 13 pessoas e deixou centenas de milhares sem energia, água e outros serviços essenciais.

Embora as estimativas preliminares sejam apenas aproximadas, os especialistas dizem que a tempestade pode tirar dezenas de milhares de pessoas das suas casas nas quatro cidades mais atingidas pelo furacão: Lafourche, Jefferson, Plaquemines e Terrebonne.

A maior parte dos danos está concentrada abaixo de Nova Orleans – que sentiu ventos fortes, mas sofreu inundações relativamente modestas. Os especialistas dizem que existem semelhanças entre o que está a acontcer agora e o que aconteceu depois do furacão Katrina que devastou o “Big Easy” em 2005.

Mais de 250.000 residentes deixaram Nova Orleans depois do Katrina inundar a cidade, matando cerca de 900 pessoas nas cidades de Orleans e St. Bernard, de acordo com o Departamento de Saúde da Louisiana. Outras estimativas colocam o número de mortos muito mais alto, e há pouco consenso sobre uma contagem oficial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin