EUA impedem a entrada no país a Javier Solana

Os EUA negaram a entrada no país ao ex-chefe da diplomacia da União Europeia e ex-secretário-geral da NATO Javier Solana, devido às suas viagens ao Irão, país que consta da ‘lista negra’ norte-americana, segundo o El País.

“As normas de imigração impostas pela Administração Trump parecem ter transformado em suspeitos figuras tão prestigiadas como Javier Solana, secretário-geral da NATO entre 1995 e 1999 e Alto Representante da Política Externa e de Segurança da UE entre 1999 e 2009”, refere o jornal espanhol.

Solana viajara para os EUA para assistir a um evento da Brookings Institution, mais foi obrigado a regressar a Espanha.

Enquanto chefe da diplomacia da UE, Solana foi um dos principais impulsionadores do acordo nuclear com Irão, que foi agora rejeitado por Donald Trump.

Os espanhóis não precisam de visto para entrar nos EUA para visitas de duração inferior a 90 dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…