América do Norte | Europa

Mais de um milhão de britânicos assina petição para impedir visita de Trump ao Reino Unido

Uma petição no Reino Unido, exigindo o cancelamento da visita de estado do presidente Donald Trump, lançada no passado sábado, já conta com mais de um milhão de assinaturas.

A primeira-ministra Theresa  May está a enfrentar uma pressão crescente para cancelar a visita planeada do presidente Trump, enquanto várias figuras políticas britânicas, incluindo o líder da oposição Jeremy Corbyn, expressaram o seu apoio à petição, que afirma que a visita causaria constrangimento à rainha Elizabeth II.

No Reino Unido, qualquer petição com mais de 100.000 assinaturas será considerada válida para desencadear um debate parlamentar.

“Donald Trump deve poder entrar no Reino Unido na sua condição de chefe do governo dos EUA, mas não deve ser convidado para fazer uma visita oficial de Estado porque causará embaraço a sua majestade a rainha. A bem documentada misoginia e vulgaridade de Trump desqualifica-o de ser recebido por sua majestade a rainha ou o príncipe de Gales. Assim, durante a sua presidência, Donald Trump não deve ser convidado para uma visita de Estado ao Reino Unido,” lê-se no documento

A controvérsia vem numa altura em que se demonstra uma indignação internacional e protestos contra a ordem de limitação da imigração do líder dos EUA anunciada na sexta-feira, impondo uma proibição de entrada temporária a cidadãos de sete países de maioria muçulmana.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo