América do Norte | Crise | Diplomacia | Europa | Segurança

Noruega prepara-se para receber primeiro contingente de tropas estrangeiras desde 1949

Segundo o jornal norueguês ‘Adresseavisen’, a localidade de Vaernes, onde está instalada uma estação aérea, nos arredores da cidade de Trondheim, a cerca de 100 kms da Rússia, vai receber um contingente de 300 militares norte-americanos já no próximo mês de janeiro.

A presença do contingente norte-americano, a pedido da NATO no âmbito da sua estratégia para deter a ‘agressão russa’, ainda carece da aprovação do parlamento nacional e tem suscitado viva polémica visto que viola o compromisso de 1949, quando a Noruega se comprometeu a não hospedar forças internacionais no seu território.

No entanto, segundo o ministro da Defesa, Ine Eriksen Soreide, “a participação de militares norte-americanos em exercícios militares na Noruega é um elemento chave na longa e estável relação com os EUA em matéria de segurança”.

 

A Noruega é um país membro da NATO cuja principal contribuição para a Aliança tinha, até agora, a ver com a cooperação logística. O país alberga equipamento militar em diversas instalações secretas em quantidade suficiente para apoiar as atividades de cerca e 15 militares aliados.

No entanto, em função das alegações da NATO segundo as quais é necessário reforçar a presença de tropas aliadas na Europa oriental para deter uma eventual ‘agressão russa’, que já levou ao destacamento adicional de 4,000 militares na Polónia e nos Estados do Báltico, a Noruega prepara-se para receber o primeiro contingente de forças estrangeiras no seu território desde 1949.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo