Stoltenberg quer que membros da NATO aumentem despesa em defesa

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, considera que os Estados-membros da organização devem aumentar a sua atual meta de despesa em defesa de 2% da produção nacional.

Stoltenberg espera que isso aconteça quando o grupo de países se reunir para uma cimeira em Vilnius, que está marcada para julho.

“Presumo que haverá um novo alvo para as despesas com a defesa quando nos reunirmos para a cimeira da NATO em Vilnius, em julho deste ano. O objetivo de 2% foi inicialmente para uma década, portanto até 2024, por isso agora temos de o atualizar”, afirmou Stoltenberg ao “Die Welt”, citado pela “Reuters”.

O responsável acrescentou que não podia dizer se os Estados-membros concordariam. “Mas presumo que será uma meta mais ambiciosa do que antes, porque todos veem que precisamos de investir mais”, concluiu.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Revista de Imprensa Lusófona de 25 de janeiro de 2023

Revista de Imprensa Lusófona de 25 de janeiro de 2023

A “Inforpress”, agência de notícias de Cabo Verde, refere que a “UCID elege pela primeira vez direcção regional em Santiago…
“Portugal mantém-se como principal destino de brasileiros”, defende António Fiuza

“Portugal mantém-se como principal destino de brasileiros”, defende António Fiuza

Portugal continua a estar na moda. Brasileiros enxergam este país europeu como principal local para investimento e porta de entrada…
Angola: UNITA tem segunda e quarta vice-presidência na Assembleia

Angola: UNITA tem segunda e quarta vice-presidência na Assembleia

A UNITA fica com a segunda e a quarta vice-presidência da Assembleia Nacional nesta V legislatura. Tratam-se de posições anteriormente…
Moçambique: PR considera "ridículo" não refletir sobre eleições distritais

Moçambique: PR considera "ridículo" não refletir sobre eleições distritais

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Nyusi, afirmou que é “ridículo” haver pessoas que não queiram discutir a viabilidade…