América do Norte | América Latina

Venezuela: Maduro garante diálogo com o candidato que vencer as eleições nos EUA

Nicolás Maduro declarou na quarta-feira estar disposto a dialogar com o vencedor das eleições que se realizam no dia 3 de novembro nos Estados Unidos (EUA), embora tenha reconhecido que não teve contacto com nenhum deles.

“Não os contatamos, esperemos que as eleições presidenciais passem, não sei quem vai ganhar e vamos ter uma política única, diálogo, diálogo e diálogo com quem vencer nos Estados Unidos”, disse Maduro em conferência de imprensa.

Maduro lembrou que desde a chegada do Chavismo ao poder na Venezuela, em 1999, tem havido contatos, mesmo “durante os piores conflitos”, com os ex-presidentes norte-americanos Bill Clinton, George Bush, Barack Obama, e até mesmo com o atual presidente Donald Trump.

“Tivemos diálogos conflituosos com Bill Clinton, com George W. Bush, com o governo Barack Obama e, com Donald Trump, houve vários contatos”, enfatizou.

Independentemente de quem ganhe as eleições nos Estados Unidos, o novo presidente “terá um interlocutor válido na Venezuela”, reforçou o líder venezuelano. “E esse interlocutor, que exerce a Presidência e o poder, chama-se Nicolás Maduro Moros”, sublinhou.

Concluindo, Maduro expressou a esperança de que as negociações com Trump, se for reeleito, ou com o candidato do Partido Democrata, Joe Biden, se conseguir vencer as eleições, lhes permitirá superar “os obstáculos da política imperialista”.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo