América Latina

Chile: Governo autoriza turismo internacional a partir 23 de novembro

A próxima segunda-feira, 23 de novembro, será um dia muito especial para centenas dos chilenos, já que o Governo de Sebastián Piñera vai autorizar a entrada de turistas estrangeiros, acabando com o encerramento das fronteiras decretado neste país, como resultado dos estragos da pandemia da Covid 19. 

A medida só será implementada através do aeroporto “Arturo Merino Benítez” em Santiago, enquanto se aguarda a abertura da travessia fronteiriça com a Argentina. 

Através de teste PCR negativo, realizado na véspera da viagem, e com a possibilidade de o turista ficar 14 dias de quarentena no caso de vir de países com alto contágio, o aeroporto Arturo Merino Benítez será o ponto de chegada para quem quer aproveitar os benefícios do catálogo turístico do Chile, particularmente do verão austral, que se estende até março de 2021. 

Um dos setores que têm sentido os rigores brutais da contração, resultado da pandemia, tem sido o turismo. Segundo a Federação do Turismo do Chile (Fedetur), 600 mil empregos diretos foram perdidos e muitos outros estão suspensos à espera da tão esperada reativação da economia. 

“O Chile recebe uma média de quatro milhões de turistas estrangeiros anualmente, e no ano passado, quando o Governo decretou o encerramento de fronteiras, tínhamos recebido um milhão. Esperamos que esta primeira fase, que começa no próximo dia 23 de novembro e que será mais ampla a partir de 07 de dezembro, nos permita recuperar como uma indústria, explicou Helen Kouyoumdjiam, vice-presidente da Fedetur. 

Além do crescente movimento interno, o aeroporto internacional “Arturo Merino Benítez” tomou todas as medidas de biossegurança para que esta abertura ao turismo internacional seja feita com o máximo de regras. 

“Esperamos que as passagens das fronteiras sejam abertas em breve, para promover o Turismo de Argentina e do Chile. Muitos dos viajantes deslocam-se por terra para Iquique, Coquimbo e ao sul, em busca do contato com o Oceano Pacífico”, explicou a executiva. 

Para obter mais informações sobre os requisitos para viajar até ao Chile, pode consultar a página https://chile.travel/coronavirus. 

Fernando Peñalver

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo