América Latina

Chile: Joaquín Lavin confirma aspiração presidencial

Joaquín Lavin
Joaquín Lavin

Santiago – Um dos anúncios mais esperados do mundo político chileno aconteceu nesta quarta-feira, 06 de janeiro de 2021. O prefeito de Las Condes, Joaquín Lavín, não só confirmou que concorrerá à corrida presidencial pela aliança de centro-direita “Chile Vamos”, como disse que irá demitir-se para pedir a reeleição de uma das comunas mais seletas de Grande Santiago. 

“Hoje começo um novo caminho. O nosso país precisa de curar-sede unir-sede integrar-se. Fazer com que todos vivamos no mesmo Chile. Vale a pena apostar nisso. Disposto a um desafio presidencial. Não vou concorrer à reeleição em Las Condes. Continuaremos a conversar, anunciou o economista de profissão, que tem 67 anos. 

Esta é a terceira vez que o político cauteloso, mas astuto, aspira a ser Presidente do Chile. Nas eleições de 1999 perdeu na segunda volta, por estreita margem, para Ricardo Lagos, do Partido Socialista. Em 2006 perdeu nas primárias do setor conservador. 

A gestão de Lavín na comuna de Las Condes recebeu vários elogios e o governante municipal não teve receio de aplicar as fórmulas que foram implementadas em Recoleta, território do prefeito comunista Daniel Jadue. 

Indivíduo supranumerário do Opus Dei, Lavín declarou-se “social-democrata” em 2020, posição que despertou a ira de antigos aliados, como a prefeita da província de Providência, Evelyn Matthei.

Na intenção de voto, Lavín aparece como o candidato mais forte às primárias da aliança “Chile Vamos”. 

Fernando Peñalver

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo