América Latina

Equador estabelece dois tipos de vistos para venezuelanos

O Presidente Lenín Moreno explicou que os vistos excecionais e humanitários serão concedidos para aqueles que moram no país e para aqueles que desejam entrar, respetivamente. O pedido pode ser feito com o passaporte caducado.

O presidente do Equador, Lenín Moreno, assinou na quinta-feira o decreto para regulamentar o pedido de vistos humanitários para os venezuelanos que desejam entrar naquele país ou que já são residentes, que podem processá-los mesmo que tenham seu passaporte vencido.

“Consciente do desamparo enfrentado pelos irmãos venezuelanos pelo regime opressivo da Venezuela, o Equador reconhecerá a validade dos seus passaportes e documentos de identidade até cinco anos após a data da sua expiração, como prometeu ao presidente Juan Guaidó”, disse Moreno.

O presidente equatoriano explicou que o decreto pretende regularizar a situação dos venezuelanos que já vivem no país e controlar quem entra, então será um tipo de visto para cada caso: o excecional e o humanitário, respetivamente.

Moreno anunciou que será realizado um censo nacional para conhecer a distribuição dos venezuelanos no território, como é a sua qualidade de vida e o que fazem.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo