Equador terá segunda volta das presidenciais

O Conselho Nacional Eleitoral (CNE) do Equador confirmou que o candidato da esquerda Lenín Moreno e o opositor de direita, Guillermo Lasso, irão disputar a segunda volta das presidenciais.

“Com os resultados obtidos de 99,5% das atas apuradas por parte das juntas eleitorais provinciais posso informar ao país que, no próximo domingo 2 de abril de 2017, será realizado o segundo turno eleitoral”, anunciou o presidente do CNE, Juan Pablo Pozo. Moreno, ex-vice-presidente (2007-2013) no governo do socialista Rafael Correa, obteve com 39,3% dos votos válidos contra 28,1% de Lasso, um ex-banqueiro conservador.

A lei do Equador refere que para obter uma vitória à primeira volta, deve ser obtido 40% dos votos e superar em pelo menos dez pontos o segundo colocado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola mantém aposta na diplomacia económica

Angola mantém aposta na diplomacia económica

O ministro das Relações Exteriores de Angola, Téte António, reiterou a aposta do Governo na promoção da diplomacia económica. O…
Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

Investigadora do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra ganha pela segunda vez concurso ERC

A Investigadora Principal do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (CES-UC), Ana Cristina Santos, acaba de ganhar um…
Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

Cabo Verde: PR propõe fundos para autonomia dos municípios

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, propõe a criação de um Fundo de Desenvolvimento Local e…
Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

Timor-Leste: Representante da CPLP apela à participação nas presidenciais

O chefe da missão de observação da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) às eleições presidenciais em Timor-Leste, o…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin