“Rei da Cocaína” italiano detido no Uruguai

Considerado como um dos cinco mafiosos mais perigosos de Itália, Rocco Morabito, 50 anos, conhecido como o “Rei da Cocaína”, conseguiu fugir às malhas da justiça desde 1995 até este domingo, 3 de setembro, quando foi capturado em Montevidéu no Uruguai.

De 1988 a 1994, Rocco Morabito foi o número um da lista dos chefes da ‘Ndrangheta, organização mafiosa da região da Calábria, no sul de Itália. Especializado no narcotráfico internacional, mereceu ser colocado na mira da Interpol como um dos principais atores no tráfico de estupefacientes provenientes na América latina.

Rocco Morabito foi localizado quando escreveu o seu verdadeiro nome no formulário de matrícula escolar da sua filha num colégio na estância balnear de Punta del Este no Uruguai, onde vivia desde há 13 anos.

As investigações revelaram que Rocco Morabito entrara no Uruguai, e obteve toda a documentação de permanência, após apresentar um passaporte brasileiro com o nome de Francesco António Capeletto Souza. Entre os documentos apreendidos na residência de Morabito constavam passaportes portugueses, um dos quais da mulher do traficante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Rússia só aceita reunião com Zelensky se for para chegar a acordo

Rússia só aceita reunião com Zelensky se for para chegar a acordo

A Rússia reiterou nesta quarta-feira, 16 de março, que só irá aceitar uma cimeira entre o seu Presidente, Vladimir Putin,…
Angola: PR condecorado em Cabo Verde com elevada distinção

Angola: PR condecorado em Cabo Verde com elevada distinção

O Presidente da República de Angola, João Lourenço, foi condecorado nesta terça-feira, 15 de março, pelo homólogo cabo-verdiano, José Maria…
Brasil: Turismo do Rio na BTL em Lisboa

Brasil: Turismo do Rio na BTL em Lisboa

Gustavo Tutuca promove turismo do Rio de Janeiro, na BTL, em Lisboa A Secretaria de Estado de Turismo do Rio…
Moçambique mantém neutralidade mesmo com pressão dos EUA

Moçambique mantém neutralidade mesmo com pressão dos EUA

A ministra dos Negócios Estrangeiros de Moçambique garantiu que o país vai continuar neutro na guerra entre a Ucrânia e…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin